Blocos de carnaval podem ser responsabilizados por vandalismo na Vila Madalena

Whatsapp Facebook Twitter Linkedin Email

Inquérito no Ministério Público que investiga destruição, vandalismo, pichações e problemas causados pela multidão levada pelos blocos de rua no carnaval de São Paulo pretende propor medidas que previnam mais confusão no próximo ano. A maior preocupação é com os problemas causados pelos blocos aos moradores da Vila Madalena e Pinheiros.

Para o promotor Cesar Ricardo Martins, à frente da investigação, a Prefeitura tem que remodelar o planejamento de eventos que realiza na Vila Madalena e em Pinheiros, em especial delimitando ainda mais a quantidade de pessoas com acesso a estas áreas. Uma das ideias é exigir que os blocos constituam uma pessoa jurídica, com representante responsável ou no estilo de associação, para que eventuais danos possam ser objeto de reparação.

Vídeo postado e executado por SOSsego Vila Madalena que relata alguns dos excesso do sábado dia 6 de fevereiro de 2016

O promotor diz que está sendo realizada uma perícia para avaliar e mensurar, em termos financeiros, a destruição causada por foliões nos últimos três e que depois decidirá se entrará com uma ação civil pública de danos morais coletivos difusos, contra a Prefeitura, que é responsável pela organização de grandes eventos.

 Uma das sugestões do MP é que o cadastramento dos blocos que desejam desfilar seja feito de forma antecipada e que seja modificado o sistema.

Informações do site G1.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *